PATROCINADORES

Rússia pagará eurobônus em rublos enquanto reservas ficarem bloqueadas

EUA impediram Kremlin de pagar mais de US$ 600 milhões, dizendo que Moscou deveria escolher entre drenar suas reservas em dólares ou dar calote

A Rússia ficou ainda mais perto de um calote da sua dívida internacional nesta quarta-feira (6), uma vez que pagou em rublos detentores de seus eurobônus denominados em dólar e disse que continuará a fazer isso enquanto suas reservas cambiais estiverem bloqueadas por sanções.

Os Estados Unidos (EUA) impediram a Rússia de pagar aos detentores de sua dívida soberana mais de US$ 600 milhões em reservas mantidas em bancos norte-americanos, dizendo que Moscou deveria escolher entre drenar suas reservas em dólares ou dar calote. A Rússia não dá default em sua dívida externa desde que deixou de fazer pagamentos após a Revolução Bolchevique, em 1917. O Kremlin disse que continuará a pagar suas dívidas.

Com um total de 15 títulos internacionais com valor de face de cerca de US$ 40 bilhões, Moscou conseguiu fazer uma série de pagamentos de cupons de seus eurobônus antes de os EUA interromperem essas transações. O Ministério das Finanças russo disse que pagou em rublos os detentores dos eurobônus denominados em dólares com vencimento em 2022 e 2042, já que um banco estrangeiro recusou-se a processar uma ordem de pagar US$ 649 milhões a detentores da dívida soberana. Segundo o ministério, o banco, cujo nome não divulgou, também não processou o pagamento referente ao vencimento de um título neste ano.

O que MONEY REPORT publicou

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.