PATROCINADORES

Visa e Mastercard bloqueiam instituições financeiras russas

As empresas de cartões de pagamento dos Estados Unidos Visa e Mastercard bloquearam várias instituições financeiras russas de sua rede, cumprindo as sanções do governo impostas pela invasão da Ucrânia por Moscou.

A Visa informou na segunda-feira (28) que está tomando medidas imediatas para garantir o cumprimento das sanções aplicáveis, acrescentando que doará US$ 2 milhões para ajuda humanitária. A Mastercard também prometeu contribuir com US$ 2 milhões. “Continuaremos a trabalhar com os reguladores nos próximos dias para cumprir totalmente nossas obrigações de conformidade à medida que evoluem”, comunicou a Mastercard na segunda-feira.

Em 2021, cerca de 4% das receitas líquidas da Mastercard foram provenientes de negócios realizados dentro, dentro e fora da Rússia. Enquanto isso, os negócios realizados dentro, dentro e fora da Ucrânia representaram 2% de sua receita líquida, de acordo com um documento divulgado na terça-feira.

As sanções do governo exigem que a Visa suspenda o acesso à sua rede para entidades listadas como Cidadãos Especialmente Designados, disse uma fonte familiarizada com o assunto ao portal Reuters. Os Estados Unidos adicionaram várias empresas financeiras russas à lista, incluindo o banco central do país e o segundo maior credor VTB.

Pena à Rússia

No sábado, EUA, Grã-Bretanha, Europa e Canadá anunciaram novas sanções à Rússia – incluindo o bloqueio do acesso de certos credores ao sistema de pagamentos internacionais SWIFT. consulte Mais informação

Os russos correram para os caixas eletrônicos e esperaram em longas filas no domingo e na segunda-feira, em meio a preocupações de que os cartões bancários pudessem deixar de funcionar ou que os bancos limitariam saques em dinheiro. consulte Mais informação

A Rússia chama suas ações na Ucrânia de “operação especial”. Muitos bancos ocidentais, companhias aéreas e outros cortaram relações com a Rússia, chamando as ações do país de inaceitáveis. As nações europeias e o Canadá fecharam seu espaço aéreo para aeronaves russas.

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.