PATROCINADORES

Russos adotam sistema de cartão chinês para driblar sanções

UnionPay no lugar de Visa e Master manteria bancos ativos. Há corrida para sacar rublos

Bancos russos Sberbank, Alfa e Tinkoff anunciaram neste domingo (6) que vão começar a emitir novos cartões de pagamento para seus clientes. A novidade é que estarão acoplados ao sistema chinês UnionPay, que vai operar dentro da rede russa Mir. A decisão é uma manobra das instituições bancárias para driblar a suspensão das operações da Mastercard e da Visa no país, na esteira das sanções econômicas impostas por Estados Unidos e União Europeia.

Por causa da decisão das operadoras anunciada na sexta (4), todos os cartões dessas bandeiras emitidos na Rússia não serão mais aceitos no exterior e os de fora deixarão de funcionar no país, travando as transações de usuários empresariais e físicos. Maior banco do país, o Sberbank anunciou que as sanções não afetarão seus clientes.

Não é a primeira vez que o UnionPay se vê como alternativa. Só que em 2014, após a invasão da Crimeia, os controladores do sistema chinês e do japonês JCB se recusaram a cooperar com o banco russo SMP, alvo de sanções americanas. Por isso, os russos criaram um sistema próprio que, ao lado do UnionPay, manteria os clientes russos aptos a fazer compras internacionais e ter acesso a crédito e débito em viagens ao exterior.

Outra reação financeira foi a determinação de os bancos russos deixarem de publicar seus balanços. Apenas o Bank Rossii, o BC russo, receberá as informações. Depois que o país foi eliminado do sistema de informações Swift, o rublo sofreu forte desvalorização. Para compensar, as autoridades fecharam mais a economia para evitar fugas. A compra de títulos internacionais foi limitada. Temendo uma escala inflacionária, a população faz fila nos bancos para retirar dinheiro. Houve aumento nas compras de criptoativos tanto na Rússia quanto na Ucrânia.

Qual é a importância da Union Pay?

Em 2015, a UnionPay ultrapassou a Visa e a Mastercard em valor total de pagamentos feitos e se tornou a maior organização de processamento de cartões do mundo, considerando operações nas modalidades crédito e débito somadas.

O que é UnionPay?

Criada em março de 2002, a UnionPay é uma empresa financeira chinesa, sediada em Xangai, que emite cartões de crédito aceitos em mais de 180 países. Os cartões com essa bandeira são adotados por bancos de 70 desses países, segundo a companhia.

O que MONEY REPORT publicou

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.