PATROCINADORES

Maior banco da Rússia, Sberbank anuncia saída do mercado europeu

As filiais europeias enfrentam “saídas irregulares de fundos e ameaças à segurança de seus funcionários e agências”, diz comunicado do principal banco da Rússia

O grupo Sberbank, principal banco da Rússia, anunciou nesta quarta-feira (2) a saída do mercado europeu, diante das duras sanções ocidentais que enfrenta em represália pela invasão da Ucrânia. “Na situação atual, o Sberbank decidiu se retirar do mercado europeu”, afirma o banco em um comunicado divulgado por agências de notícias russas.

As filiais europeias do banco enfrentam “saídas irregulares de fundos e ameaças à segurança de seus funcionários e agências”, acrescenta o comunicado. Também afirma que o Sberbank não está em condições de aportar liquidez a suas filiais europeias devido a um dispositivo do Banco Central russo.

Pela Europa

O banco está presente em oito países europeus: Alemanha, Áustria, Croácia, República Tcheca, Hungria, Eslovênia, Sérvia e Bósnia Herzegovina.

“As filiais (europeias) do Sberbank dispõem de um nível elevado de capital e ativos, os fundos dos clientes estão garantidos, de acordo com as legislações locais”, afirmou o banco.

A filial do Sberbank na Suíça não está envolvida, informou em um comunicado Polina Trizonova, diretora de comunicação do banco:  “A filial do Sberbank na Suíça não faz parte do grupo Sberbank Europa. O banco na Suíça continua funcionando normalmente”. 

As sanções da União Europeia buscam impedir que os bancos russos tenham acesso aos mercados internacionais de capital. 

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.