Document
PATROCINADORES

Flordelis perde o mandato

A Câmara dos Deputados aprovou por ampla maioria a cassação do mandato da deputada Flordelis (PSD-RJ) (imagem) por quebra de decoro parlamentar no caso do homicídio de seu marido, o pastor Anderson Silva em 2019. A votação aconteceu nesta quarta-feira (11). Foram 457 votos a favor da cassação contra 7 em seu favor, além de 12 abstenções. Quem assume o mandato é o vereador Jones Moura (PSD), suplente de Flordelis.

Durante a defesa da deputada na tribuna, os advogados Jader Marques e Rodrigo Faucz pediram que Flordelis tivesse o mandato suspenso até a decisão do Tribunal de Justiça de Niterói. O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), afirmou que a Casa não julga os crimes, pois os deputados não são juízes, tratando apenas da quebra de decoro, não importando a intensidade da falta – no caso, um homicídio. O relator do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara, Alexandre Leite (DEM-SP), explicou que a parlamentar usou o mandato para coagir testemunhas e ocultar provas.

O caso de Flordelis deve ir a juri, conforme recomendação do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ). O último deputado cassado foi o ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (MDB-RJ), em setembro de 2016.

O que MONEY REPORT publicou

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.