PATROCINADORES

TJ-RJ afasta deputada Flordelis, acusada de homicídio

A Justiça do Rio de Janeiro suspendeu a deputada federal Flordelis (PSD) do exercício de suas funções durante a primeira fase do processo no qual é ré por ser supostamente mandante do assassinato de seu marido, o pastor Anderson do Carmo. O relator do processo, desembargador Celso Ferreira Filho, votou pelo afastamento da deputada. Os outros dois desembargadores, Antônio José e Katia Jangutta, seguiram o relator.

A decisão da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Janeiro foi dada por videoconferência, nesta terça-feira (23). Agora será encaminhada no prazo de 24 horas à Câmara dos Deputados, em Brasília.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − 15 =

Pergunte para a

Mônica.