PATROCINADORES

Caboclo promete a Bolsonaro demissão de Tite por Gaúcho

Após o técnico da Seleção Brasileira, Tite (imagem), manifestar descontentamento na realização da Copa América no Brasil na pandemia, o governo federal foi avisado pelo presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rogério Caboclo, que Renato Gaúcho (na imagem abaixo) será alçado como novo técnico antes do início da competição em 13 de junho, aponta uma reportagem do Globo Esporte deste domingo (6).

Ex-técnico do Grêmio, Renato Gaúcho

Gaúcho é apoiador declarado do presidente Jair Bolsonaro. Se Tite for demitido, mostram duas coisas: a CBF não admite insubordinação; o Planalto novamente interferirá em outra entidade que se mostre contrária às suas vontades. O governo é o grande fiador do evento, investiu mais de US$ 30 milhões. A CBF recebeu um pedido de resgate da Conmebol após a recusa da Colômbia e Argentina em sediar a competição devido à calamidade.

O capitão da Seleção, Casemiro, deixou claro durante uma entrevista à TV Globo no sábado (5) seu posicionamento e o do técnico sobre o torneio. O vice-presidente da CPI da Pandemia e senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) compartilhou o vídeo em suas redes sociais:

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

3 respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.