Document
PATROCINADORES
PATROCINADORES

PF conclui que Anvisa foi ameaçada

Foi concluído pela Polícia Federal (PF) que o empresário paranaense Douglas de Toledo Bozza cometeu crime de ameaça ao enviar um e-mail intimidando cinco diretores da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A motivação contra a vida dos diretores foi obrigação a vacinação infantil contra a covid-19, alegando que se tentassem inocular seu filho, mataria os membros do colegiado. O inquérito foi aberto em outubro e concluído no mês passado.

Na época do envio, a reguladora começava a debater a vacinação a partir dos 5 anos. A PF, entretanto, por se tratar de crime com menor potencial ofensivo, não indiciou Bozza. Caberá ao Ministério Público Federal (MPF) decidir se denuncia ou faz um acordo para transação penal. A pena prevista é de 1 a 6 meses de prisão ou multa.

Além disso, na última semana, após aprovar o uso da Pfizer em crianças, a Anvisa voltou a ser alvo de ataques. Uma nova investigação foi aberta nesta segunda-feira (20) após nova solicitação da agência.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.