Pesquisar
PATROCINADORES
PATROCINADORES

75% dos brasileiros discordam da invasão bolsonarista

Segundo levantamento, ex-presidente também é considerado responsável pelos ataques

Pesquisa Atlas Intel publicada nesta terça-feira (10) mostra que 75% dos brasileiros rechaçaram as manifestações de apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro que desbancaram para a depredação do Congresso Nacional, do Palácio do Planalto e do Supremo Tribunal Federal.

Por outro lado, 18,4% concordam. 5,8% não souberam responder.

Na visão de 53% entrevistados, as invasões são “completamente injustificadas”. Uma parcela, 27,5% acreditam ser “justificadas em parte”, enquanto outros 10,5% dizem ser “completamente justificadas”.

De acordo com o CEO da Atlas Intel, Andrei Roman, o bolsonarismo está rachado. “O dado mais importante da pesquisa Atlas publicada hoje: os eleitores do Bolsonaro estão rachados sobre a invasão, com 38% apoiando e 49% contrários. Essa racha deve se refletir pela frente na oposição dentro do Congresso, fortalecendo politicamente o Lula num momento chave”, destaca o executivo.

“Isso não quer dizer que a invasão inevitavelmente será um pá de cal no bolsonarismo e que inaugurará um período de grande popularidade para o Lula. Para começar, quase 40% recusam aceitar que o Lula venceu de fato e eleição, algo extremamente grave.”

Bolsonaro tem culpa

Em outro questionamento da pesquisa aos entrevistados, perguntou-se se Bolsonaro era responsável pelas invasões. Para 50,2%, o ex-mandatário tem culpa. Já outros 42,7%, Bolsonaro não é o responsável. Já 7,1% não souberam responder.

Governador e PM do DF

Quem também possui “responsabilidade” é o governador do DF, Ibaneis Rocha, de acordo com as pessoas ouvidas no levantamento. Já a Polícia Militar do DF, para 54,6%, foi conivente com o avanço dos manifestantes.

Metodologia

O que MONEY REPORT publicou:

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.

[monica]
Pesquisar

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.