Pesquisar
PATROCINADORES
PATROCINADORES

Marcas de luxo mantém Miami como alvo de investimentos imobiliários 

AMG International Realty oferece aos brasileiros oportunidade de adquirir imóveis de grife 

Marcas de alto padrão de todo o mundo buscam as praias de Sunny Isles Beach, na Flórida. Mas, para a cidade nas proximidades de Miami, elas levam mais do que os produtos pelos quais são mais conhecidas. Dolce & Gabbana, Armani e Bentley, por exemplo, vem lançando seus próprios empreendimentos residenciais de cifras milionárias. E a AMG International Realty, imobiliária americana especializada na região, traz ao público brasileiro a oportunidade de adquirir um imóvel de grife na badalada região. 

Além de status, as marcas proporcionam maior segurança e privacidade para aqueles dispostos a desembolsar até 70% a mais que imóveis com características similares no mercado. “Não é um processo de compra concluído rapidamente. Leva um pouco mais de tempo do que outros imóveis, já que o valor é mais alto e o público tem maior educação financeira, além de outros investimentos. O edifício da Bentley, por exemplo, vendeu 40% das suas unidades desde o início da sua comercialização, há um ano”, afirma a CEO. 

Para a AMG International Realty, o atrelamento das marcas de luxo aos apartamentos promove a percepção de uma residência mais refinada e com serviços exclusivos, o que os diferencia de opções similares sem uma grande grife por trás. Ou seja, os atributos de um Bentley são traduzidos na residência, oferecendo uma extensão da marca para a oferta de uma nova experiência, ainda mais exclusiva que o carro. Por isso, fazem parte do seu portfólio empreendimentos como Bentley Residences, Baccarat Residences, Residences by Armani Casa, Porsche Design Tower, Waldorf Astoria Residences, Dolce & Gabbana, Diesel Residences, The St. Regis Residences, Aston Martin Tower. 

A tendência ganhou impulso em 2016, com o lançamento Porsche Design Tower, da marca Porsche Design. A torre de 132 unidades distribuídas em 60 andares revolucionou o setor imobiliário de Miami ao trazer características exclusivas inéditas no mercado, como um elevador de carros, de alta tecnologia, que permite aos proprietários estacionarem seus veículos e luxo dentro do apartamento. Tamanha comodidade, além de praticidade, trouxe também privacidade aos moradores que, sequer, precisam cruzar com vizinhos nos elevadores e outras áreas comuns.  

A torre da Porsche Design, pela primeira vez, trouxe o conceito de House in the Sky (Casa no Céu). Da mesma forma que em uma casa, você chega em sua residência, estaciona seu carro e caminha poucos passos até a sala de estar. Está cansado de um dia atribulado no trabalho? Que tal relaxar na piscina? Todas as unidades da torre trazem uma piscina privativa no enorme terraço gourmet, com churrasqueira e uma das vistas mais sofisticadas do mundo.  

A marca britânica Bentley Motors não quis ficar para trás. Em parceria com a mesma construtora do Porsche Design Tower, lançou o Bentley Residences, em 2021. A torre compreende 216 unidades ao longo de 63 andares, sendo um dos prédios na orla de Sunny Isles Beach mais altos dos Estados Unidos. Da mesma forma que seu colega da Porsche, o condomínio também oferecerá um elevador para os carros, garagens nos apartamentos e piscina privativa nos terrações gourmet, entre outras características exclusivas.  

Esse tipo de empreendimento permite ainda uma nova forma das marcas interagirem com seus brand lovers, ou seja, público cativo que se identifica com ela. A compra de uma unidade no residencial Armani/Casa, por exemplo, garante também um voo de primeira classe para Milão, onde o novo morador pode encontrar Giorgio Armani para escolher pisos, paredes e outros acabamentos do imóvel. A inspiração veio do Burj Khalifa – o prédio mais alto do mundo – que conta com interiores desenhados pela marca. Por sua atuação na moda, o designer da marca de vestuário de luxo vale 11 bilhões de dólares. O edifício tem 56 andares e seu maior apartamento pode ser adquirido por cerca de R$45 milhões.

“Existe uma percepção de que um condomínio associado a uma grife, além de mais exclusivo, será mais caprichoso tanto com o produto quanto com o cliente, já que deve estender o conceito dos seus produtos luxuosos à moradia”, explica Heloisa Arazi, fundadora e CEO da AMG International Realty. Ela afirma ainda que essas marcas buscam novas formas de capitalizar o público já adepto a ela, transformando-os em colecionadores e, para isso, investem em experiências cada vez mais personalizadas. 

Com entrega prevista para 2027, o residencial da marca Dolce & Gabbana se junta aos imóveis mais altos da cidade, com quase 320 metros de altura.  Esse é o primeiro endereço da marca no ramo imobiliário, que expande a marca para além do guarda-roupas dos clientes. Os preços variam de US$3.5M a US$35M. A ideia é oferecer os mesmos benefícios de um hotel – ramo onde essas marcas já estão há mais tempo – com restaurantes, bar e academia.  

Miami se tornou polo do mercado de alto padrão nos últimos anos: depois da pandemia, a cidade virou a capital do mundo por sua posição geográfica favorável, a sete horas de distância da Europa e do Brasil, e por abrigar sedes do mundo corporativo. O endereço oferece ainda imposto menor que Nova Iorque e Califórnia. 

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.

[monica]
Pesquisar

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.