PATROCINADORES

Vale e Petrobras impulsionam 3ª semana de alta

O Ibovespa fechou em alta de 0,55% nesta sexta-feira (5), aos 106.471 pontos, maior patamar desde 9 de junho (107.093 pontos). Na semana, os ganhos são de 3,19%. O dólar caiu 1,03%, cotado a R$ 5,16 no encerramento. A desvalorização da moeda norte-americana perante ao real na semana é de 0,07%. Com o suporte de commodities como Vale e Petrobras, a sessão firmou o bom desempenho na semana depois de dados do payroll, que ditaram o tom dos mercados. Foram criadas 528 mil vagas de emprego em julho nos Estados Unidos, com a taxa de desemprego caindo para 3,5%, mesmo nível pré-pandemia. Por aqui, o mercado digeriu bem os dados da inflação medida pelo IGP-DI da FGV, que caiu 0,38% em julho, indicando uma desaceleração após avanço de 0,62% em junho. O resultado indica a primeira queda mensal da medida de inflação desde 2021.

As maiores altas foram da Braskem (3,55%) e Minerva Foods (3,16%). As baixas, preferenciais da Alpargatas (-13,54%) e Americanas (-7,82%). Das cinco ações mais negociadas, quatro apresentaram evolução: preferenciais da Petrobras (1,93%), Vale (1,30%), preferenciais do Itaú Unibanco (1,88%), preferenciais do Bradesco (1,20%) e Lojas Renner (-2,76%). O volume negociado foi de R$ 26,14 bilhões.

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.