Document
PATROCINADORES

Tensão com as reformas e o desempenho industrial afundam as negociações

O Ibovespa fechou em forte queda de 2,28% nesta quinta-feira (2), aos 116.677, pressionado pelas votações do Congresso ocorridas na noite da véspera, em especial a da reforma do Imposto de Renda, além do dado decepcionante da produção industrial. O dólar desvalorizou em 0,03%, cotado no encerramento em R$ 5,18, com as operações domésticas captando a trajetória de queda da moeda no exterior, conforme os investidores se preparam para um relatório de empregos nos EUA que deve ser mais fraco que o esperado de início. O payroll, que mede a economia americana, será divulgado na sexta-feira (3).

As duas ações que mais subiram foram as do Assai (2,99%) e da Engie Brasil (1,03%). Houve declínio nas cinco mais negociadas: Vale (-0,31%), preferenciais da Petrobras (-1,63%), preferenciais do Itau Unibanco (-3,61%), preferenciais do Bradesco (-3,59%) e Ambev (-4,29%). O volume na sessão foi de R$ 30,1 bilhões.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.