Document
PATROCINADORES

Temor fiscal cria pior resultado de 2021

O Ibovespa apresentou uma forte queda pelo segundo dia seguido nesta quinta-feira (21), com retração de 2,75%, aos 107.735 pontos. Foi o pior patamar do ano, só abaixo do resultado de 23 de novembro (107.378). O dólar sofreu uma elevação de 1,92%, cotado a R$ 5,67, o mais alta desde 13 de abril (R$ 5,71). O desempenho foi um reflexo continuado dos temores com o desrespeito ao teto de gastos por causa da ampliação do novo Bolsa Família. Na esteira,

As maiores altas na sessão foram da Suzano (1,65%) e da BB Seguridade (0,80%), do Banco do Brasil. As cinco mais negociadas apresentaram deterioração: preferenciais da Petrobras (-3,38%), Vale (-1,64%), preferenciais do Itaú Unibanco (-1,69%), preferenciais do Bradesco (-1,67%) e B3 (-0,76%). O volume negociado foi de R$ 43 bilhões.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.