PATROCINADORES

Ruídos políticos e fiscais derrubam negociações

Após uma semana que encerrou com valorização, o Ibovespa fechou em queda de 0,78% nesta segunda-feira (30), aos 119.739 pontos. O dólar teve depreciação de 0,12%, cotado a R$ 5,189, o câmbio mais baixo desde 4 de agosto (R$ 5,186). O resultado partiu da pressão de ruídos políticos e fiscais, assim como um movimento de correção depois do benchmark da B3 aumentar em mais de 2% ao longo da última semana.

As duas maiores altas na B3 foram as da Americanas (2,69%) e preferenciais da Lojas Americanas (2,86%). As cinco ações mais negociadas apresentaram declínio: preferenciais da Petrobras (-0,67%), Vale (-0,64%), preferenciais do Itaú Unibanco (-0,72%), preferenciais do Bradesco (-1,07%) e Petrobras (-1,24%) O volume na sessão foi de R$ 21,5 bilhões.

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.