Document
PATROCINADORES

PEC dos Precatórios cria patamar mais baixo em um ano

O Ibovespa sofreu uma abrupta queda de 2,09% nesta quinta-feira (4), aos 103.412 pontos. Foi uma reação do mercado à aprovação da PEC dos Precatórios, que cria insegurança jurídica por atrasar o pagamento de dívidas da União já transitadas em julgado (R$ 89 bilhões em 2022, sem a PEC), além de permitir a ultrapassagem do teto de gastos, aumentando o risco fiscal. Pouco depois das 15 horas, o patamar chegou a bater 102 mil, seguido de uma leve recuperação. Foi o patamar mais baixo desde 12 de novembro do ano passado (102.507). O cenário local pessimista afetou as mais negociadas e permitiu uma valorização de 0,29% do dólar, cotado a R$ 5,60 no encerramento.

Os melhores desempenhos foram as units da Getnet (5,28%) e Minerva Foods (3,68%). As maiores baixas atingiram a Rede D’Or (8,17%) e a Ultrapar (-8,09%). As cinco mais negociadas sofreram declínio: preferencias da Petrobras (-3,17%), Vale (-1,14%), preferenciais do Itaú Unibnco (-5,28%), preferenciais do Bradesco (-6,62%) e CSN (-3,44%). O volume na sessão foi de R$ 31,37 bilhões.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.