Document
PATROCINADORES

Índices e reajuste do funcionalismo abalam negociações

O Ibovespa fechou em baixa de 1,82% nesta terça-feira (16), aos 104.403 pontos. O dólar subiu 0,75%, cotado a R$ 5,49 no encerramento. Os investidores não reagiram bem com o resultado de setembro do IBC-Br que caiu 0,27%, considerado uma prévia do PIB. O boletim Focus elevou suas estimativas da inflação de 9,33% para 9,77% neste ano. Para alimentar o pessimismo sobre o Brasil, hoje o presidente Jair Bolsonaro anunciou que fará um amplo reajuste salarial aos servidores públicos federais, em detrimento das contas públicas, já complicadas diante do limite do teto, precatórios a serem pagos e o Auxílio Brasil.

As maiores altas foram da Suzano (3,50%) e Petrobras (1,51%). Das cinco ações mais negociadas, quatro apresentaram depreciação: preferenciais da Petrobras (1,04%), Magazine Luiza (-12,65%), Natura (-7,24%), Vale (-2,88%) e preferenciais do Bradesco (-015%). O volume na sessão foi de R$ 27,82 bilhões.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.