PATROCINADORES

Incertezas criam aversão, mas alguns papéis ganharam força

O Ibovespa fechou em declínio de 0,49% nesta segunda-feira (23), aos 117.471 pontos, em meio a preocupações acerca da situação político-institucional no Brasil. Mesmo assim alguns papéis ganharam valor. Durante a sessão prevaleceu o viés positivo do exterior, notadamente o efeito da alta do petróleo que beneficiou Petrobras. O dólar se manteve estável, desvalorizando 0,05 %, cotado a R$ 5,38 no encerramento.  

As duas ações que mais evoluíram foram as da Embraer (5,28%) e da CVC (4,39%). Das cinco mais negociadas, quatro apresentaram crescimento: Vale (-1,38%), preferenciais da Petrobras (1,58%), preferenciais do Bradesco (0,71%), preferenciais do Itaú Unibanco (1,07%) e Petrobras (3,35%). O volume na sessão foi de R$ 26 bilhões.

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.