PATROCINADORES

EUA e commodities puxam melhor patamar em um mês

O Ibovespa fechou em alta de 1,71% nesta segunda-feira (23), aos 110.345 pontos. Melhor patamar desde 25 de abril (110.684 pontos). O dólar caiu 1,41%, cotado a R$ 4,80 no encerramento. O dia foi marcado pelo otimismo do mercado global e pela alta das empresas ligadas às commodities e ao setor financeiro. Também impactou positivamente a declaração do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, de que as tarifas impostas a produtos chineses durante a administração Trump podem ser revisadas. Medida de reaproximação entre os gigantes que sinaliza um benefício para as negociações pelo mundo. Com isso, os mercados dos EUA aceleram os ganhos: Dow Jones, 1,98%; S&P500, 1,86%; Nasdaq, 1,59%.

As maiores altas foram da IRB Brasil (9,23%) e BRF (4,86%). As baixas, unitárias do Banco Inter (-5,16%) e Qualicorp (-4,55%). Todas as cinco ações mais negociadas apresentaram evolução: preferenciais da Petrobras (3,93%), Vale (2,04%), preferenciais do Itaú Unibanco (2,59%), Banco do Brasil (4,22%) e preferenciais do Bradesco (1,63%). O volume negociado foi de R$ 26,02 bilhões.

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.