Document
PATROCINADORES

Agosto termina com perdas de 3%

O Ibovespa encerrou o dia com recuo de 0,8% nesta terça-feira (31), aos 118.781 pontos, afetado pela possibilidade de confrontos durante os atos pró e contra o governo marcados para 7 de setembro e a divulgação dos dados de desemprego e do déficit das contas públicas de julho. O índice fechou agosto com declínio de 3,04%, acumulando desde o início do ano perda de 0,2%. O dólar sofreu depreciação de 0,33%, cotado em R$ 5,17, influenciado pelo movimento de desvalorização da divisa no exterior. No mês, o câmbio americano caiu 0,13%, com perda de 0,35% em 2021. 

As duas ações que mais subiram foram as preferenciais da Braskem (5,6%) e preferenciais da Copel (4,11%). Das cinco mais negociadas, quatro apresentaram declínio: Rede D’or São Luiz (-6,11%), preferenciais da Petrobras (-3,92%), Vale (-1,37%), preferenciais do Itaú Unibanco (1,31%) e Petrobras (-0,03%). O volume na sessão foi de R$ 38,8 bilhões.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.