Document
PATROCINADORES

Temer vira réu no caso da mala de R$ 500 mil da JBS

O juiz federal Rodrigo Bentemuller aceitou nesta quinta-feira (28) denúncia do Ministério Público Federal (MPF) contra Michel Temer, tornando o ex-presidente réu por corrupção passiva. Temer é acusado de ser o destinatário da mala de R$ 500 mil flagrada com Rodrigo Rocha Loures, seu ex-assessor, entregue pelo ex-executivo da J&F, Ricardo Saud, em 2017. A defesa nega envolvimento do ex-presidente com o caso. O emedebista chegou a ser preso na semana passada, em um desdobramento da Lava Jato no Rio, mas foi solto na segunda (25) pelo desembargador Antonio Ivan Athié, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região.

Por que é importante

Apesar de não ter derrubado Temer, o caso enterrou qualquer possibilidade de o Congresso aprovar sua proposta de reforma da Previdência

Quem ganha

O Ministério Público, que teve a denúncia acolhida pela Justiça

Quem perde

Temer, que vira réu em mais um processo

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.