Document
PATROCINADORES

Desembargador manda soltar Temer

O desembargador Antonio Ivan Athié, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, determinou nesta segunda-feira (25) a soltura do ex-presidente Michel Temer. O emedebista foi preso na última quinta-feira (21) em uma ação da Lava Jato que apura um esquema de corrupção na construção da usina nuclear de Angra 3. A decisão vale para os demais alvos da operação, incluindo o ex-ministro Moreira Franco.

Ao conceder o habeas corpus a Temer, o desembargador defendeu a Lava Jato, mas argumentou que o combate à corrupção não pode ser feito com violação de regras. “Ressalto que não sou contra a chamada ‘Lava Jato’, ao contrário, também quero ver nosso país livre da corrupção que o assola. Todavia, sem observância das garantias constitucionais, asseguradas a todos, inclusive aos que a renegam aos outros, com violação de regras não há legitimidade no combate a essa praga”, escreveu.

Athié também apontou que a decisão do juiz federal Marcelo Bretas, titular da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, de mandar prender o ex-presidente, “não se sustenta, em face da ausência de contemporaneidade dos fatos”. Leia aqui a íntegra do habeas corpus.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

2 respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.