PATROCINADORES

Senado aprova MP da reforma administrativa; Moro perde o Coaf

O Senado aprovou na última terça-feira (28) a medida provisória da reforma administrativa do governo federal, garantido a transferência do Coaf para o Ministério da Economia, sob o comando de Paulo Guedes. Pelo projeto, deve valer a proposta do presidente Jair Bolsonaro de diminuir de 29 para 22 o número de ministérios – uma de suas promessas de campanha. Dos 78 senadores presentes no Plenário, 29 votaram para deixar o Coaf com o ministro Sergio Moro. A aprovação do texto vem após Moro e Guedes pedirem, em carta, que Senado votasse a MP sem alterar o Coaf

Por que é importante

A aprovação da medida provisória dentro do período previsto foi um alívio para o governo federal. Caso não fosse votada dentro do prazo (3 de junho), corria o risco de caducar e o número de ministérios voltar para 29, como era no governo Michel Temer

Quem ganha

O governo Bolsonaro

Quem perde

A ida do Coaf para o Ministério da Economia foi encarada como uma derrota para o ministro da Justiça, Sergio Moro

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

2 respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 3 =

Pergunte para a

Mônica.