Document
PATROCINADORES

Moro e Guedes pedem, em carta, que Senado vote MP sem alterar o Coaf

O ministro da Justiça, Sergio Moro, e o da Economia, Paulo Guedes, assinaram uma carta nesta terça-feira (28) pedindo que os senadores não alterem o texto da medida provisória da reforma administrativa, já aprovado na Câmara, e deixem o Coaf no ministério da Economia. Se algum senador fizer mudanças, o projeto deve voltar para a apreciação dos deputados, o que deve prolongar o tempo de votação – a MP vence no dia 3 de junho. 

Por que é importante

Na semana passada, o senador Major Olímpio (PSL-SP) afirmou que irá apresentar emenda para devolver o Coaf para o ministério da Justiça. Caso faça isso, a medida provisória deve voltar para a Câmara e caducar

Quem ganha

O governo Bolsonaro, que deve ter a medida provisória votada dentro do tempo

Quem perde

A ida do Coaf para o ministério da Economia foi encarada como uma derrota para Sergio Moro

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.