Document
PATROCINADORES

Presidência ou Senado? Moro está no Brasil de olho em 2022

Postulante à terceira via, o ex-juiz federal e ex-ministro da Justiça Sergio Moro desembarcou no Brasil para tratar de uma possível candidatura. O interesse não é à toa. De acordo com o jornal O Globo, nesta terça-feira (28), seu contrato como consultor da Alvarez & Marsal nos Estados Unidos termina em novembro. Com a agenda livre, sobrará espaço para uma campanha. Por isso, ele se antecipou, marcando encontros com representantes do Podemos em Curitiba, no Paraná.

Na quarta-feira (29), ele deve conversar com outro pré-candidato à Presidência, o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS) – o interesse do ex da Saúde seria uma chapa com Moro para angariar mais eleitores e fôlego. Sozinho, Mandetta não teria musculatura e é dado como quase descartado pelo Democratas, que briga com o PSD para manter em sua fileiras o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG). O senador é outro que ainda não tem expressão nacional, mas as siglas acreditam haveria espaço para a construção de seu nome, ainda mais se a chapa contasse com Moro.

O senador Álvaro Dias (Podemos-PR) disse que deixará Moro tomar sua decisão sobre a Presidência. O ex-juiz e ex-ministro já considerou à jornalista Bela Megale trocar a disputa a ambição ao Palácio do Planalto por uma cadeira no Senado, disputando pelo estado do Paraná, seu reduto desde a Lava-Jato.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.