Document
PATROCINADORES

PF deve prorrogar inquérito que apura atentado contra Bolsonaro

A Polícia Federal deve pedir mais 90 dias para concluir o segundo inquérito que investiga o atentado sofrido pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) na campanha eleitoral do ano passado. Segundo o G1, a PF pretende ouvir mais pessoas que tiveram contato nos últimos anos com Adélio Bispo, responsável pelo ataque. O primeiro inquérito concluiu que Adélio agiu sozinho no momento da agressão.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.