PATROCINADORES

Pacheco prorroga CPI por mais 90 dias

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) (imagem), fez a leitura do requerimento para a prorrogação da CPI da Pandemia. Com isso, garantiu a extensão de mais 90 dias de trabalhos.

A CPI foi instalada no final de abril e perderia a validade no início de agosto, após o recesso parlamentar. Há algumas semanas, a Mesa pressionava Pacheco pela prorrogação. O requerimento, com as assinaturas necessárias, foi apresentado pelo vice-presidente da comissão, Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

A decisão de Pacheco contraria os interesses do governo federal, mas ele aproveita o momento de fragilidade do Planalto em meio ao estado de saúde do presidente Jair Bolsonaro que está hospitalizado em São Paulo e a baixa popularidade. Além disso, ele é apontado como pré-candidato presidência da República e deve usufruir da repercussão da CPI.

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.