Document
PATROCINADORES

Ex-governador Beto Richa volta a ser preso no Paraná

O ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB) foi preso pela terceira vez na manhã desta terça-feira (19). Agora no âmbito da Operação Quadro Negro, que apura um esquema de corrupção na construção de escolas no estado. Um empresário, apontado como operador de Richa, e um ex-secretário também foram detidos. A primeira prisão do tucano foi durante a campanha eleitoral do ano passado, quando foi alvo de duas operações simultâneas, incluindo a Lava Jato. Ele voltou a ser detido em 25 de janeiro, em uma ação que investiga concessões de rodovias federais no Paraná. Richa foi solto nas duas ocasiões. Na primeira, pelo ministro Gilmar Mendes, do STF. Depois, pelo presidente do STJ, ministro João Otávio de Noronha.

Por que é importante

Até ser preso pela primeira vez, Beto Richa era um dos nomes mais influentes do PSDB

Quem ganha

O Ministério Público do Paraná, responsável pela investigação que levou o tucano de volta à cadeia

Quem perde

O ex-governador, envolvido em mais um caso de corrupção

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.