PATROCINADORES

Energia no Amapá é reestabelecida após três semanas

A crise energética que durou 22 dias no Amapá pode ter se encerrado nesta terça-feira (24), após o principal transformador da subestação de Macapá voltar a operar com 100% da capacidade. A energia voltou a chegar a partir da hidrelétrica Coaracy Nunes, a 150 quilômetros de Macapá, e por usinas térmicas locais. O uso emergencial das termelétricas foi insuficiente durante o apagão, o que obrigou a adoção de rodízio no fornecimento.

Em nota, o Ministério de Minas e Energia (MME) divulgou que continuará coordenando outras ações para aumentar a confiabilidade e a segurança no atendimento à população do Amapá. Vale lembrar que a crise adiou as eleições municipais da capital amapaense a pedido do senador David Alcolumbre (DEM-AP) ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × quatro =