PATROCINADORES

Discurso moderado de Bolsonaro veio após consulta a Villas Bôas e ministros militares

Em pronunciamento feito em cadeia nacional na noite de terça-feira (31), o presidente Jair Bolsonaro moderou o tom observado nas últimas semanas para pedir um pacto nacional para enfrentar a pandemia do novo coronavírus. Segundo o jornal Folha de S. Paulo, a mudança no discurso de Bolsonaro foi influenciada principalmente pela ala militar do governo. O presidente conversou com o ex-comandante do Exército general Eduardo Villas Bôas e os ministros Walter Braga Netto (Casa Civil), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo) e Tarcísio Freitas (Infraestrutura). A fala também teve apoio dos juristas Jorge Oliveira (Secretaria-Geral), André Mendonça (AGU) e Wagner Rosário (CGU). No pronunciamento anterior, quando confrontou governadores, criticou a imprensa e fez uma defesa enfática da reabertura total do comércio, Bolsonaro formulou o texto com a chamada ala ideológica, liderada pelo filho Carlos.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.