Document
PATROCINADORES

Bolsonaro testa negativo e deve sair do isolamento amanhã

Em quarentena de cinco dias após membros de sua comitiva à ONU testarem positivo para covid-19, incluindo seu filho, o deputado Eduardo (PSL-SP), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e um diplomata encarregado da organização da viagem, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) não desenvolveu o vírus. A informação foi dada pela emissora CNN.

Se sair do isolamento a partir de amanhã, segunda-feira (27), o presidente será acompanhado de um médico por mais nove dias, competando o período de duas semanas de cuidados. A recomendação da Agência Ncional de Vigilância Sanitária (Anvisa) era colocar todos os integrantes da comitiva de quarentena por 14 dias, mas a Presidência da República optou por um protocolo diferente do Ministério da Saúde, adotando apenas cinco dias com testagens no início e no final do período. Bolsonaro e sua delegação voltaram dos Estados Unidos na manhã de quarta-feira (22).

O ministro da Saúde segue isolado em um hotel em Nova York, sem sintomas graves. Eduardo Bolsonaro também está sem sintomas.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.