PATROCINADORES

Bolsonaro “família” no segundo turno

O segundo turno, cada vez mais, desenha-se com Jair Bolsonaro e Fernando Haddad. Há um movimento nas redes sociais para tentar liquidar a fatura em favor de Bolsonaro ainda no primeiro turno. Dependendo da pesquisa, Bolsonaro tem de 39% a 43 % dos votos válidos, faltando menos de vinte dias para o pleito. Não é impossível. Mas muito difícil. Dependeria de uma abstenção maciça do eleitorado feminino, no qual há rejeição alta ao nome do PSL, e dos apoiadores de Alckmin e Marina, desiludidos com os resultados das pesquisas.

No segundo turno, Bolsonaro contará com 20 minutos diários na campanha televisiva – e sua equipe, acostumada a redigir comentários à lá Enéas, terá de produzir 10 minutos para cada bloco de horário político.

Esta nova fase da campanha mostrará um Bolsonaro mais “família”, sensível e aberto ao diálogo. Pelo menos é o que desejam os coordenadores políticos.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 3 =

Pergunte para a

Mônica.