Document
PATROCINADORES

Bolsonaro deve depor à PF em 30 dias

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes (imagem) determinou, nesta quinta-feira (7), que a Polícia Federal (PF) colha presencialmente o depoimento do presidente Jair Bolsonaro. O chefe do Executivo será ouvido no inquérito que apura sua suposta interferência política na escolha do superintendente regional da PF no Rio, de acordo com as denúcnias do ex-ministro da Justiça Sergio Moro. O prazo começa a partir de hoje e o mandatário deverá marcar data e horário para prestar os esclarecimentos. A decisão do magistrado vem na esteira do comunicado feito pela Advocacia-Geral da União (AGU) à corte que o presidente iria depor pessoalmente. Ele teria a opção de enviar um depoimento escrito.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.