PATROCINADORES

Apoiador de Trump quer de volta seus US$ 2,5 milhões

Frederic Eshelman, um empresário da Carolina do Norte que doou US$ 2,5 milhões para ajudar a expor a fraude eleitoral dos EUA quer seu dinheiro de volta, aponta a reportagem do jornal The Guardian de sábado (28). Ele afirmou que pediu constantemente atualizações sobre o processo à organização Truth the Vote, percebendo a consistência da apuração e que as alegações de Donald Trump eram infundadas. Trump propagou que venceu as eleições, mas o resultado havia sido fraudado em benefício do democrata Joe Biden. Desde então, teorias da conspiração e fake news são disseminadas sobre o processo eleitoral dos EUA.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 1 =