PATROCINADORES

Congresso prefere tributo sobre consumo a CPMF

Um levantamento feito pela consultoria Prospectiva divulgado neste domingo (29) pela Folha de S. Paulo mostra que 68% dos congressistas apoiam uma reforma tributária que unifique os tributos indiretos federais, estaduais e municipais sobre bens e serviços.

Já a troca da tributação sobre folha de pagamentos por um imposto sobre movimentações financeiras, aos moldes da antiga CPMF, é rejeitada por 60% dos parlamentares.

Foram ouvidos 196 deputados e 21 senadores.

Por que é importante

A reforma tributária é fundamental para melhorar o ambiente de negócios do país, contribuindo para o aumento da produtividade

Quem ganha

Empresários, que, em última instância, são os que lidam com o enrosco tributário brasileiro

Quem perde

Acionistas de empresas. Metade dos parlamentares apoiam tributação sobre dividendos (40% são contra)

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 − três =

Pergunte para a

Mônica.