Document
PATROCINADORES

Auxílio emergencial pode ser prorrogado, afirma Guedes

Diante da perspectiva de uma segunda onda de contaminações, como ocorre na Europa, o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta quinta-feira (12) que se o mesmo pode acontecer no Brasil, o governo voltará a conceder o auxílio emergencial aos cidadãos em situação de vulnerabilidade econômica. “Não é uma possibilidade, é uma certeza [que o governo concederia novo auxílio]”, afirmou o ministro, em evento da Associação Brasileira de Supermercados (Abras). Porém, Guedes enfatizou que considera baixo o risco de uma nova onda de contaminações no país e que o plano do governo é retirar aos poucos o auxílio até o fim do ano.

Foi uma mudança de discurso. Em 7 de outubro, o ministro afirmou que o auxílio não seria estendido. “Tem um plano emergencial e o decreto de calamidade que vão até o fim do ano. No fim de dezembro acaba tudo isso”, disse.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.