PATROCINADORES

Após greve, Petrobras reduz novamente o preço dos combustíveis

A Petrobras anunciou um novo corte nos preços nas refinarias da gasolina e do diesel nesta quarta-feira (23). O litro da gasolina recuou 0,62%, passando de R$ 2,0433 para 2,0306, e o diesel caiu 1,14%, de R$ 2,3351 para 2,3083. Este é o segundo corte nos preços desde o aumento do dia 19, que provocou a paralisação de caminhoneiros. O governo também anunciou que pretende zerar a cobrança da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide), para conter os preços, e o Congresso concordou em aprovar o projeto de reoneração da folha de pagamentos das empresas, a fim de compensar a perda nas arrecadações. Na terça-feira (22), os preços futuros do petróleo Brent valorizaram 0,44%, sendo cotado a US$ 79,57 por barril. Em maio, já foram anunciadas dez altas e seis quedas no preço do diesel e 12 altas e três quedas no da gasolina.

Por que é importante

Na terça-feira (22), a Petrobras havia reduzido os preços dos combustíveis. As sucessivas altas no barril de petróleo e a greve dos caminhoneiros geraram discussões entre a estatal e o governo sobre a política de preços

Quem ganha

Os consumidores (pessoas e empresas)

Quem perde

A Petrobras, se os cortes nos preços dos combustíveis forem resultado de pressão política, e não uma medida baseada em critérios de mercado

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 1 =

Pergunte para a

Mônica.