Document
PATROCINADORES

Justiça condena Ghosn a devolver US$ 6 milhões à Nissan-Mitsubishi

O ex-presidente da montadora Nissan, Carlos Ghosn, terá que devolver à aliança Nissan e Mitsubishi cerca de US$ 6 milhões (€ 5 milhões). A decisão é da justiça holandesa e foi proferida nesta quinta-feira (20). A corte entendeu que por quebra de contrato, Ghosn não tinha direito de receber essa quantia em salários entre abril e novembro de 2018. De início, ele exigiu o pagamento de US$ 18 milhões (€ 15 milhões) por sua demissão. Agora, terá que ressarcir seus antigos empregadores.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.