Document
PATROCINADORES

Wilson Lima, governador do Amazonas, vira réu por corrupção na pandemia

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) aceitou,nesta segunda-feira (20), a denúncia da Procuradoria-geral da República (PGR) contra o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), por supostos crimes de corrupção (peculato, organização criminosa, embaraço às investigações e fraude contra a Lei de Licitações) na condução do enfrentamento da pandemia. Lima e outros 13 suspeitos foram alvo de uma operação da Polícia Federal (PF), em junho. A decisão do STJ sobre o governador foi unânime.

O principal negócio alvo do inquérito é a compra de respiradores superfaturados que teriam provocado um prejuízo de R$ 2,2 milhões aos cofres públicos. O episódio causou suspeitas desde o início. A empresa que comercializou os equipamentos estava registrada como um loja de vinhos e seus proprietários não teriam nenhuma experiência com equipamentos médicos. Para piorar os equipamentos não eram adequados ao tratamento contra a covid.

Além de Lima, estão envolvidos o vice-governador, Carlos Almeida, e o ex-secretário de Saúde Rodrigo Tobias, além de servidores públicos e empresários.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.