Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Wassef vira réu por desvio de R$ 4,6 milhões do Sistema S

Wassef vira réu por desvio de R$ 4,6 milhões do Sistema S

A juíza federal substituta Caroline Vieira Figueiredo, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, aceitou a denúncia contra Fredrick Wassef, ex-advogado do presidente Jair Bolsonaro e do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos), por peculato e lavagem de dinheiro. O Ministério Público Federal (MPF) acusa Wassef e outras quatro pessoas de participação em um esquema que teria desviado R$ 4,6 milhões de entidades do Sistema S. A investigação, comandada pela força-tarefa da Operação Lava-Jato, aponta que os desvios ocorreram entre dezembro de 2016 e maio de 2017. Segundo a apuração, sob pretexto de pagamentos de assessoria jurídica, os valores eram repassados aos réus. A Lava-Jato sustenta que os serviços não foram prestados ou foram realizados para interesses pessoais. Wassef nega as irregularidades destacadas pelo MPF.

Envie seu comentário

5 × 2 =