PATROCINADORES

Votação na volta do recesso é um risco à aprovação da Previdência?

A votação em segundo turno da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados, em agosto, pode ser um obstáculo à aprovação da reforma. Isso porque, no recesso, os congressistas retornam para suas bases — e podem ser pressionados a mudar o voto.

Como os mais bem informados sabem, uma nova Previdência desagrada setores muito bem organizados da sociedade.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um + seis =

Pergunte para a

Mônica.