PATROCINADORES

“Vazamento parece tempestade em copo d’água”, diz FHC

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) repercutiu o vazamento de conversas entre o ex-juiz e atual ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e o procurador Deltan Dallagnol, da força-tarefa da Operação Lava-Jato. Em entrevista ao blog do jornalista Tales Faria, no UOL, FHC minimizou os diálogos.

“O vazamento de mensagens entre juiz e promotor da Lava-Jato mais parece tempestade em copo d’água. A menos que haja novos vazamentos mais comprometedores. Não alteram, na substância, os motivos para a condenação, apesar de revelarem comentários impróprios, dados os participantes”, disse.

“Se formos incriminar ou julgar os atores da política nacional — e da Justiça — pelas impropriedades que dizem, o que será de nossa democracia? E olha que nem sempre se expressam em conversas privadas”, completou FHC.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − 11 =

Pergunte para a

Mônica.