PATROCINADORES

Brasil tem redução histórica em mortalidade infantil, diz UNICEF

Segundo relatório divulgado nesta quarta-feira (27) pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), o Brasil melhorou índices como mortalidade infantil e exclusão escolar. Segundo o órgão internacional, de 1990 a 2017 registrou-se uma “redução histórica” no total de mortes de crianças menores de um ano de idade. No período, a taxa nacional caiu de 47,1 para 13,4 a cada 1 mil nascidos vivos. Na avaliação do UNICEF, o país também avançou consideravelmente na questão do acesso às crianças e adolescentes à educação. Em 1990, quase 20% das crianças de 7 a 14 anos (idade obrigatória na época) estavam fora da escola. Em 2009, a escolaridade obrigatória foi ampliada para a faixa de 4 a 17 anos. Em 2017, o percentual de crianças e adolescentes fora da escola caiu para 4,7%. Especialistas advertem que embora índice tenha melhorado, Brasil está longe da universalização do ensino, com cerca de 2 milhões de crianças em idade escolar que não frequentam as salas de aula.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.