Document
PATROCINADORES

TVs cancelam debates e frustram candidatos em São Paulo

SBT, Record e CNN Brasil decidiram não realizar debates com os candidatos à Prefeitura de São Paulo antes do primeiro turno. Em meio à pandemia do novo coronavírus, as emissoras colocaram como obstáculos o excesso de postulantes ao cargo e o risco de disseminação da doença. Segundo a Folha de S. Paulo, boa parte das campanhas ficou frustrada com os cancelamentos. A avaliação é que a falta de embate beneficia os líderes nas pesquisas, como Celso Russomanno (Republicanos) e Bruno Covas (PSDB) – que buscará a reeleição. Os adversários viam nos confrontos a possibilidade de explorar os pontos fracos de Russomanno e Covas e reduzir a vantagem para os dois. A TV Globo, por ora, mantém a intenção de fazer o debate a três dias da votação. Apesar disso, o encontro é considerado incerto, já que a emissora defende um número reduzido de participantes. A regra eleitoral determina que todos os candidatos cujos partidos tenham elegido ao menos cinco representantes na Câmara dos Deputados devem ter presença assegurada. Foi assim na Band, com 11 envolvidos na disputa.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.