PATROCINADORES

TSE cassa mandato de senadora conhecida como ‘Moro de saia’

Por 6 votos a 1, o TSE decidiu na noite de terça-feira (10) cassar o mandato da senadora Selma Arruda (Podemos-MT) por abuso de poder econômico e caixa dois nas eleições do ano passado. Ela ficará inelegível por oito anos. O tribunal determinou ainda a realização de um novo pleito no estado. A parlamentar, que concorreu ao cargo pelo PSL, é acusada de ter gasto na campanha R$ 1,2 milhão não declarado à Justiça. Ela foi eleita com o discurso de combate à corrupção. Por sua atuação como juíza e decisões contra políticos de Mato Grosso, Selma ficou conhecida como “Moro de saia”, em referência ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro. A senadora poderá recorrer ao STF para tentar permanecer no cargo.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.