PATROCINADORES

Tribunal nega pedido de Lula para afastar desembargadores de caso

O Tribunal Regional Federal da Quarta Região (TRF4) rejeitou nesta quinta-feira (18) um pedido da defesa do ex-presidente Lula para afastar os desembargadores João Pedro Gebran Neto e Carlos Eduardo Thompson Flores do julgamento do processo do sítio de Atibaia. Os advogados do petista alegavam ausência de imparcialidade dos desembargadores.

Por que é importante

Gebran Neto e Thompson Flores fazem parte do colegiado que irá analisar o processo do sítio de Atibaia na segunda instância. O ex-presidente Lula foi condenado na primeira instância a 12 anos e 11 meses de prisão em regime fechado

Quem ganha

Os desembargadores, que foram mantidos no julgamento

Quem perde

A defesa de Lula, que sofreu uma nova derrota no TRF4

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − quatro =

Pergunte para a

Mônica.