Document
PATROCINADORES

Toffoli cria grupo para avaliar redes sociais de juízes

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, criou um grupo para avaliar as postagens que juízes estão fazendo nas redes sociais. Segundo portaria assinada por Toffoli, o objetivo da iniciativa é preservar a “imagem institucional do Poder Judiciário”. A proposta foi alvo de críticas de integrantes dos tribunais no país. Para Luciano Frota, conselheiro e juiz do Trabalho, a intenção do presidente do STF “configura censura prévia e não tem guarida constitucional”. O grupo, composto por juízes, professores de Direito e integrantes do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), tem 30 dias para apresentar um relatório com informações sobre o uso que integrantes do Judiciário estão fazendo das redes sociais.

Por que é importante

A criação do grupo para avaliar integrantes do Judiciário vem após o ministro Dias Toffoli abrir e em seguida arquivar inquérito para apurar fake news contra o STF. Toffoli recuou após sofrer críticas até mesmo de integrantes do próprio Supremo

Quem ganha

O ministro Dias Toffoli

Quem perde

O Judiciário, que pode passar a imagem de que não aceita críticas

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.