Document
PATROCINADORES

TCU dá 5 dias para Planalto explicar orçamento paralelo

Foi solicitado pelo ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Walton Alencar Rodrigues (imagem), relator das contas da Presidência da República de 2020, que o governo federal entregue em até cinco dias úteis, cópias dos documentos sobre o orçamento paralelo de R$ 3 bilhões montado pelo presidente Jair Bolsonaro e sua equipe para garantir o apoio de parlamentares do Centrão. Parte desse montante seria empregado em compras suspeitas de caminhões e tratores superfaturados em até 250% acima da tabela do governo. O esquema foi revelado pelo jornal O Estado de S.Paulo.

Rodrigues atendeu a uma representação da Secretaria de Macroavaliação Governamental (Semag) do TCU, que trata de possíveis irregularidades. As explicações do Planalto deverão ser analisadas no próprio julgamento sobre as contas de 2020, o que deve ocorrer em 30 de junho. Entre as possíveis irregularidades listadas estão a ausência de critérios objetivos para a distribuição de recursos. A diretora de Fiscalização de Planejamento e do Orçamento Governamental da Semag, Lucieni Pereira, apontou uma afronta aos princípios da impessoalidade, imparcialidade e equidade no uso dos recursos da União, destacando que a LDO proíbe a utilização das emendas para influenciar o Congresso.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.