PATROCINADORES

Suspeito de invadir celular de Moro pode pegar 70 anos de prisão

O hacker Walter Delgatti Neto, preso na última semana pela Polícia Federal, confessou, até o momento, ter invadido o celular de pelo menos 14 pessoas, entre elas o ministro Sergio Moro (Justiça e Segurança Pública). Segundo o jornal O Globo, a PF pretende imputá-lo em cada caso pelos crimes de “interceptação de comunicação” e “invasão de dispositivo de informática”. Se condenado pelas invasões já admitidas, a pena de Delgatti pode passar de 70 anos de prisão.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 3 =

Pergunte para a

Mônica.