Document
PATROCINADORES

Superintendente da PF que pediu investigação contra Salles será trocado

O novo diretor-geral da Polícia Federal, Paulo Maiurino, decidiu nesta quinta-feira (15) trocar o superintendente da corporação no Amazonas, Alexandre Saraiva. A informação é do jornal Folha de S. Paulo. A mudança ocorre no instante em que Saraiva está em conflito com o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

Na quarta-feira (14). O chefe da PF no Amazonas encaminhou uma queixa crime ao STF pedindo a abertura de uma investigação contra Salles. O delegado apontou como motivo uma suposta tentativa de interferência de Salles na operação que apreendeu um carregamento de madeira estimado em R$ 130 milhões e que teria sido extraído de área ilegal.

O atrito também se dá em um momento em que o ministro tenta convencer os Estados Unidos a enviarem dinheiro ao Brasil para a preservação da Amazônia. Como parte das tratativas, o presidente Jair Bolsonaro enviou uma carta ao presidente americano, Joe Biden, sinalizando o compromisso em eliminar o desmatamento ilegal no país até 2030.

Bolsonaro escreveu a Biden que espera contar com o apoio de Washington para alcançar a meta de desmatamento zero. O líder brasileiro expressou ainda que apenas as medidas de fiscalização não bastam, que é essencial “criar alternativas econômicas que reduzam o apelo das atividades ilegais e dar condições para que as 25 milhões de pessoas que vivem região amazônica possam prosperar materialmente por seus próprios esforços.”

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.