Document
PATROCINADORES

Ministro do STF intima Segovia a esclarecer fala sobre Temer

Pegou mal a revelação do chefe da Polícia Federal de que a investigação contra o presidente Michel Temer (MDB) no chamado inquérito dos portos será arquivada. A informação foi repassada pelo diretor-geral da PF, Fernando Segovia, em entrevista à Reuters. Neste sábado (10), o ministro Luís Roberto Barroso, do STF, intimou Segovia a prestar esclarecimentos sobre as declarações. Para Barroso, os comentários podem caracterizar infração penal. Barroso é responsável pelo inquérito no Supremo.

Por que é importante

Fernando Segovia afirmou à Reuters que até o momento as investigações não comprovaram que houve pagamento de propina por parte da empresa Rodrimar para a edição de um decreto assinado por Temer

Quem ganha

Delegados que integram a Lava Jato que criticaram a fala do chefe da PF

Quem perde

Segovia. Ele disse à TV Globo que vai comparecer ao gabinete de Barroso para apresentar sua versão

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.